terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

GLOSSÁRIO MISSIOLÓGICO

Termos e conceitos utilizados em missiologia:


MUNDO A - o esquema dos três mundos, usado por alguns missiólogos, refere-se ao mundo não-evangelizado, ou seja, a toda população que jamais ouviu falar de Jesus Cristo.
MUNDO B - o esquema dos três mundos, acima citado, faz referência ao mundo evangelizado, mas não-cristão.

MUNDO C - o mesmo esquema significa o "mundo cristão", ou seja, aqueles que se consideram cristãos, obviamente, todos os nominais.

JANELA 10/40 - é a região entre o Atlântico e o Pacífico, que envolve os paralelos 10 e 40 de latitude Norte, onde vive a maior população mundial com menos oportunidade de ouvir o Evangelho.

EVANGELISMO E0, E1, E2 e E3 - escala usada para medir a distância cultural que o missionário deve atravessar; desde a sua própria cultura, para evangelizar e estabelecer igrejas.

E0 - está relacionado à tarefa de ganhar para Cristo os filhos dos crentes.

E1 - refere-se à evangelização de cristãos nominais.

E2 - quando ocorre a evangelização de pessoas de uma cultura parecida, mas não idêntica à do missionário.

E3 - quando o missionário deve evangelizar pessoas de uma cultura diferente da sua.

TIPOS DE POVOS:

POVO ETNOLINGUÍSTICO - é um grupo étnico ou racial distinto de outros grupos que fala o mesmo idioma ou língua materna. Pode ser encontrado em um só país ou em vários.

MEGAPOVO - um povo etnolinguístico com população acima de um milhão.

MINIPOVO - um povo etnolinguístico menor. Muitas vezes, um grande povo etnolinguístico (um megapovo) contém vários minipovos. Do ponto de vista evangelístico, trata-se do maior grupo, dentro do qual o evangelho pode se espalhar por meio de um movimento de implantação de igrejas sem encontrar barreiras de entendimento ou aceitação. Um minipovo também é conhecido como "povo unimax".

POVO SOCIOECONÔMICO - um grupo humano cujos membros de sentem "ligados", por causa de algum tipo de afinidade: classe econômica, profissão, bairro, hobby, orientação política ou religiosa.


SEGMENTOS HUMANOS:

SEGMENTAÇÃO - é o processo de dividir a população do mundo em pequenos segmentos úteis a fim de que as estratégias missionárias sejam desenvolvidas de tal maneira que a evangelização dos selecionados se torne mais fácil. Alguns desses segmentos são: países, povos etnolinguisticos, grupos humanos e cidades.
PAÍS - as entidades geopolíticas (das quais 225 são membros da ONU) identificadas por suas fronteiras estabelecidas e governos mundialmente reconhecidos.
POVO (GRUPO HUMANO) - sociologicamente falando, um grupo de indivíduos significativamente grande e com afinidade comum, por compartilhar as mesmas características, como, por exemplo, idioma, etnia, religião, residência, profissão, classe social, casta, situações diversas, etc. Ou por apresentar a combinação de alguns desses fatores.
METRÓPOLE - cidade com uma população acima de 100 mil habitantes.
MEGACIDADE - metrópole ou cidade com uma população acima de um milhão de habitantes.
ALCANÇANDO UM POVO:
povo não-alcançado - um grupo humano (povo) no qual não existe uma comunidade interna de crentes disponíveis ou recursos suficientes para realizar uma evangelização efetiva e eficaz. Assim, os não-alcançados precisam de um esforço missionário de fora, principalmente transcultural.
povo fronteiriço - o termo enfatiza o quanto é necessário alguém atravessar certas barreiras culturais ou linguísticas que separam o povo dos demais onde já existe uma igreja que pode alcança-lo. É sinônimo de "povo não-alcançado".
povo oculto - esta denominação salienta que o grupo, falando em termos práticos, está fora de vista e consideração (atenção) da Igreja de Jesus Cristo, mesmo que se encontre dentro de seu alcance geográfico. É sinônimo de "povo não-alcançado".
povo não-penetrado - a expressão destaca a ideia de que existe a necessidade de um esforço missionário transcultural inicial, para que, somente depois, o trabalho evangelístico "normal" do povo tenha continuidade. É sinônimo de "povo não-alcançado".
movimento de povo - é quando determinado povo responde ao evangelho de forma tão positiva que produz uma conversão maciça.
movimento missionário - é quando uma igreja, implantada num campo missionário, transforma-se numa força que envia missinários transculturais para levar o evangelho a outros povos não-alcançados.
Fonte: Comibam/Sepal


País de acesso restrito, limitado ou criativo - país cujo governo limita, por razões políticas ou religiosas, a entrada de missinários estrangeiros que desejam se radicar. Frequentemente, tal acesso é limitado devido a cotas reduzidas para vistos missionários ou prazos de permanência cada vez mais curtos.

País fechado - país cujo governo fechou as portas para a entrada de missionários estrangeiros, negando-lhes visto de permanência.

Missionário bivocacional fazedor de tendas - missionário com profissão dupla que serve como profissional em um país de acesso restrito ou fechado e realiza, simultaneamente, um ministério evangelístico de tempo parcial.

Missionário não residente - missionário que serve em algum país de acesso restrito ou fechado e, por isso, não pode fixar residência, antes, desenvolve seu trabalho a partir de um país próximo, visitando, frequentemente, o país-alvo e realizando seu ministério de forma itinerante.
Fonte: Comibam/Sepal

Fonte: Revista Povos

Um comentário:

  1. Oi Valeria gostei muito do seu blog.
    Parabéns pelo trabalho!

    Beijos

    ResponderExcluir